CONHEÇA NOSSA HISTÓRIA

O NÚCLEO AGROFAMILIAR

Em 2009 um grupo de professores e estudantes da UAG/UFRPE e técnicos do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) iniciaram um processo de discussão sobre outras formas de se trabalhar com a prática de agriculturas mais sustentáveis na região do agreste meridional de Pernambuco.

Após reuniões e estudos, em processo de planejamento participativo, definiram-se os eixos de atuação e intitulou-se o grupo de Agrofamiliar. Foram então definidos quatro grandes eixos de atuação:
1) Formação de alunos, professores, técnicos e agricultores em agroecologia e agricultura familiar e camponesa;
2) Apoio à produção rural familiar e à transição agroecológica;
3) Participação e promoção de eventos em torno da agroecologia e da produção agroecológica;
4) Fortalecimento interinstitucional e intrainstitucional em relação à agroecologia e à agricultura familiar e camponesa.

Em 2010, o grupo Agrofamiliar teve o apoio para a formação e consolidação de um núcleo de agroecologia na UAG-UFRPE, através do projeto "AGROFAMILIAR: Rodas de debate e Núcleo de Estudo, Pesquisa e Extensão em agroecologia e agricultura familiar e camponesa" apoiado pelo CNPq, edital MDA/SAF/CNPq n.º 58/2010.

 

Com a criação da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE) através da  Lei Nº 13.651, de 11 de abril de 2018  que transfere automaticamente a estrutura organizacional e a forma de funcionamento, pertencentes a UAG/UFRPE para a UFAPE. Com a nomeação no Reitor Pro Tempore no dia 12 de dez. de 2019 que oficializa a implantação da UFAPE. Com isso, Núcleo Agrofamiliar é transferido para a nova instituição. 

ONDE ATUAMOS

separador.png
Layer-17.jpg

 

O projeto foi desenvolvido com o objetivo de animar um processo de discussão e aprendizagem em torno da Agroecologia e consolidar um Núcleo de Estudo, Pesquisa e Extensão em Agroecologia e Agricultura Familiar Camponesa (AGROFAMILIAR) na Universidade Federal do Agreste de Pernambuco - UFAPE, fortalecendo uma iniciativa já em andamento que vem reunindo professores/pesquisadores, extensionistas, alunos, agricultores familiares, movimentos sociais e interessados em Agroecologia.

O objetivo geral é a construção e adoção de sistemas de produção agroecológicos com perspectivas ao fortalecimento da agricultura familiar, a construção do conhecimento agroecológico, a inserção em políticas públicas, e geração processos de desenvolvimento rural sustentável e participativo.

CASES DE SUCESSO

separador.png

PARABÉNS PELOS 10 ANOS

fffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff